Banguela em decida economiza?

outubro 12, 2011

Depois do post sobre iis esse blog virou uma zona. hahaha. É simplesmente assuntos-diversos-quando-tive-vontade-de-falar.

Então vamos lá. A resposta é SIM e NÃO. Existem situações onde há economia e outras que não.

 

Motor carburado: Economiza

Você já deve ter lido em outros lugares isso, o motivo é simples, o motor carburado tem um sistema muito simples, ele não tem controle sobre quando e quanto é necessário inserir combustível no motor. O gasto de combustível num carro com motor carburado está exatamente ligado ao RPM e ao seu pé no acelerador.

 

Motor com injeção: Não economiza

Já num motor com injeção eletrônica não há economia na descida. O sistema eletrônico só envia combustível ao motor em duas hipóteses, quando você pisa no acelerador ou para evitar que o motor se desligue. Caso você tire o pé do acelerador a injeção deixa de enviar combustível. Estando numa decida o motor não vai ter queda do RPM (não o suficiente para matar o motor). A injeção só volta a enviar combustível se o motor chegar próximo ao 1000 RPM ou se você voltar a pisar no acelerador.
Já quando você poe na banguela (ponto morto ou desengata o câmbio) a injeção vai ter que enviar combustível para manter o carro ligado.

 

Mas e o freio motor?!

Quando você mantem o carro engatado sem fazer uso do acelerador num motor com injeção, este vai servir como freio, fazendo com que o carro tenha um desempenho menor, comparado a situação ‘em banguela’. O problema é que o ganho excessivo de velocidade em banguela faz como que você use o freio quando quem deveria fazer esse papel neste momento era o motor.

 

Não estou preocupado com a descida, eu quero é velocidade para a subida a frente

Neste caso, especificamente, e não recomendado por segurança (freios coisa e tal), você vai ter economia com um motor com injeção. A decida (gravidade) vai servir como acelerador evitando que você precise acelerar (tanto) na subida que vem a frente. Mesmo assim isso dependente de vários fatores para saber o quanto você economizou, ar ligado, direção hidráulica, consumo do motor e tamanho da decida e subida.

Enfim, só vale lembrar que dirigir com carro desligado ou desengatado não é permitido por lei.

Anúncios

innerHTML in SVG

setembro 17, 2010

Hi guys.

I tried to find something about innerHTML in SVG file, but it was in vain. There is no innerHTML at all in SVG. I must confess, I tried to use textContent, but didn’t work. Ashey, it’s put my string as text in tree document. Ok, now I’ll show my workaround, pro and cons.

First of all, innerHTML is a property defined by xhtml, which means, only a player that supports html can handle this. Safari, Firefox, can (I tested), but Ms IE, Ad SVG Viewer, J2ME and others, I don’t know. Please, test and post in comment below.

We’re going to create a function to make this for us. The technique, is simples. We create a ‘div’ element, then put our svg string inside this div. After that is simple to return or string as elements.

function stringToDOM( value )
{
// To create a div inside a svg document, we need set the NS (namespace). //
var d = document.createElementNS( “http://www.w3.org/1999/xhtml”, “div” );

// Add a svg tag and inside this, put the value argument //
d.innerHTML = “<svg:svg xmlns:svg=\”http://www.w3.org/2000/svg\”>” + value + “</svg:svg>”;

// return one node or an array of them //
return a.firstChild.childNodes.length == 1 ? a.firstChild.childNodes[0] : a.firstChild.childNodes;
}

Observe that we put the value inside a svg element. We MUST specify the namespace in all steps, including the value received. For example:

var rect = stringToDOM( ‘<svg:rect x=”10″ y=”10″ width=”100″ height=”100″ fill=”red” />” );

If you forget to put ‘svg:name’ it will not works.

Thanks.


Teclado abnt2 Snow Leopard

agosto 22, 2010

De vez em quando passo por uns problemas para achar algumas coisas que, simplesmente, deveriam ser simples e fáceis. Uma delas foi o teclado abnt2 para Snow Leopard. Vários posts, vários sites, linkes quebrados e por aí vai. Depois de trinta minutos ou mais eu achei. Quando você acha tudo se resolve. Por sinal, o autor até fez um ‘scriptzinho’ para ajudar a instalação no caso de iniciantes no mundo Mac.

O link é este http://jaccon.com.br/2010/07/teclado-abnt2-no-snow-leopard/.
Agradeçam ao Jaccon, mas como links de blogs não vivem muito tempo, eu coloquei uma cópia, sem permissão do autor (rs) em http://www.megaupload.com/?d=R8SBR074, mas este é só o link do arquivo que você deve jogar na pasta de layout de teclados do seu mac, não tem o passo-a-passo.

Bom, se o link quebrar avisem nos comentários.

Abx.


Shaders, Pixel Bender

janeiro 18, 2009

Este post é bem uma continuação do anterior, a diferença é que o foco não é o flash e sim o Pixel Bender Toolkit. Mais uma vez, para quem já trabalhou com programação 3D como DirectX e OpenGL isto será mole. Dando uma introdução(zinha) para vocês, shaders são pequenos softwares feitos para rodarem na placa de video (GPU), apesar de ser possível emula-los no CPU também. Continue lendo »


Radial Blur no Flash 10

janeiro 13, 2009

radialblur

Com o lançamento do novo Flash varias coisas foram melhoradas, uma delas é a possiblidade de usar os shaders da placa de video do computador do usuário. Para quem já está acostumado com programação 3D usando DirectX ou OpenGL será muito mole utilizar o Pixel Bender. Ele utiliza uma linguagem simples, bem similar ao C. O que torna as coisas bem mais fáceis ainda.
Continue lendo »


Tutorial Multiplayer Flash

maio 27, 2008

Faz um tempo que não posto aqui, eu sei, já disse isto várias vezes. rs. As coisas estão corridas, todos sabem. Mas vou fazer o possível para andar melhor com o blog.

Bom, encontrei, agora, por acaso também, um tutorial que havia feito ano passado. Sem saber o que fazer resolvi disponibilizado para download aqui. Continue lendo »


Usando Tweener

novembro 27, 2007

Estou aqui hoje, para apresentar uma ferramenta bem conhecida por bons programadores. Tweener, uma classe que facilita muito a vida de um programador ou mesmo designers na hora de criar animações do tipo “timelineless”, o uso só de código na criação de animações, usando uma estrutura bem simples e trazendo um resultado muito.
Continue lendo »